Blog do Barcinski

Categorias

Histórico

Dez canções para o Dia dos Namorados

André Barcinski

12/06/2018 05h59

Aqui vai uma seleção de músicas especiais para ouvir com alguém muito especial…

Lucky to Be Me – Tony Bennett e Bill Evans
Conheço poucos discos tão perfeitos para uma tarde chuvosa quanto “The Complete Tony Bennett / Bill Evans Recordings”, que reúne os dois LPs que a dupla lançou em 1975 e 1977 com releituras de clássicos da canção norte-americana. Veja Bennett e Evans interpretando “Lucky to Be Me”:

Pensando em Ti – Nelson Gonçalves
Essa gravação de Nelson para o clássico de Herivelto Martins e David Nasser sempre me emociona. E a letra é do outro mundo: “Nos cigarros que eu fumo / te vejo nas espirais / nos livros que eu tento ler / em cada frase tu estás”. Dá pra VER Nelsão pensando na moça e jogando o livro na parede.

Feitio de Oração – Aracy de Almeida
Admito, essa música não é das mais românticas, mas entra na lista pelo simples fato de Aracy de Almeida ser a cantora mais legal de todos os tempos – pelo menos para mim – e Noel Rosa, o maior compositor.

To Love Somebody – Nina Simone
A música é dos Bee Gees, mas a gravação definitiva é a de Miss Simone. Quando ela canta “Há uma luz / um certo tipo de luz / que nunca brilhou sobre mim”, você sente que a mulher não está brincando…

Treaty – Leonard Cohen
Cohen morreu logo após a gravação dessa obra-prima, e a música parece mesmo o último suspiro de um romântico…

Hejira – Joni Mitchell
O meio dos anos 70 foi um dos períodos mais conturbados da vida amorosa de Mitchell, quando um romance com o ator Sam Shepard provocou o fim de seu relacionamento com o baterista John Guerin. Pra confundir ainda mais as coisas, a compositora embarcou numa viagem de carro cruzando os Estados Unidos de ponta a ponta, acompanhado por um ex-namorado. Essa viagem inspirou o disco “Hejira”, de 1976, que trouxe algumas das letras mais inspiradas da cantora. Ouça a faixa-título:

Got to Give It Up – Marvin Gaye
Adoro essa música, em que Gaye canta o delírio de se soltar numa pista de dança. E ele não é lá muito comedido: “Deixe-me entrar em sua zona erótica”…


Come On – Barry White

Quando o assunto é música de motel, Barry White é imbatível. E esse clipe, de 1994, é um de seus mais ousados, mostrando um casal que perde um show de Barry White porque está ocupado fazendo coisas melhores…

Eu, Não! – Angela Ro Ro
OK, também não é das músicas mais sensuais de Ro Ro, mas a interpretação dela (e a memória afetiva de ter visto esse show, em 1985) a colocam na lista.

I Love Being Here With You – Peggy Lee e Judy Garland
É para isso que existe o Youtube: achar um trecho do programa de Judy Garland na TV Americana, em 1963, em que ela faz piada com a grande Peggy Lee e depois interpretam uma canção da própria Peggy, “I Love Being Here With You”.

Por causa do Dia dos Namorados, adiantei o texto de quarta-feira para hoje. O blog volta sexta-feira, dia 15.

Visite meu site: andrebarcinski.com.br

Sobre o Autor

André Barcinski é jornalista, roteirista e diretor de TV. É crítico de cinema e música da “Folha de S. Paulo”. Escreveu seis livros, incluindo “Barulho” (1992), vencedor do prêmio Jabuti de melhor reportagem. Roteirizou a série de TV “Zé do Caixão” (2015), do canal Space, e dirigiu o documentário “Maldito” (2001), sobre o cineasta José Mojica Marins, vencedor do Prêmio do Júri do Festival de Sundance (EUA). Atualmente dirige os programas “Eletrogordo” e “Nasi Noite Adentro”, do Canal Brasil.

Sobre o Blog

Música, cinema, livros, TV, e tudo que compõe o universo da cultura pop estará no blog, atualizado às segundas, quartas e sextas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Blog do Barcinski
Topo