Topo
Blog do Barcinski

Blog do Barcinski

Categorias

Histórico

Dom Salvador: o mestre do samba-jazz faz 80 anos e lança disco e filme

André Barcinski

14/09/2018 05h59

Dia 12 de setembro foi aniversário de 80 anos de Salvador da Silva Filho, mais conhecido por Dom Salvador.

Dom é um dos grandes pianistas brasileiros e um músico fundamental não só para a bossa nova, mas para o samba-jazz e a soul music brasileira.

Dom Salvador gravou discos clássicos de Elis Regina, Elza Soares, Jorge Ben e Roberto Carlos, entre dezenas de outros. No início dos anos 1970, montou o Abolição, um dos grandes grupos da black music brasileira.

Veja um clipe de 1971 de Dom Salvador e Abolição tocando "Uma Vida", com participação de Elis Regina:

Em meados dos anos 1970, Dom Salvador foi visitar uma sobrinha que morava em Nova York. Gostou tanto que ficou por lá até hoje. Nos Estados Unidos, gravou com Harry Belafonte, Ron Carter e Lloyd McNeill, e desde 1977 toca no River Café, no Brooklyn.

Sua vida não foi moleza: em 2002, a esposa, a cantora Mariá, foi diagnosticada com demência, e perdeu a memória. Dom cuida de Mariá, enquanto batalha para continuar seus projetos musicais.

Dois desses projetos estão saindo agora.

O primeiro é o disco "Dom Salvador & Rio 65 Trio – Live at Zankel Hall in Carnegie Hall", gravação de um show extraordinário realizado em 2015, em comemoração ao cinqüentenário do grupo Rio 65 Trio, que Dom Salvador liderou.

Para o show, Dom reuniu-se com o baixista original do trio, Sérgio Barrozo, e contou com a participação do baterista Duduka Fonseca, que substituiu a Edison Machado, morto em 1990.

O disco acaba de sair pela Universal Music e está disponível em vários serviços de streaming. Ouça alguns trechos aqui.

Além do disco, Dom Salvador será homenageado com um documentário, "Endless Soul", dirigido por Lilka Hara e Artur Ratton, cineastas brasileiros radicados em Nova York. O trailer é emocionante:

E se você se interessa por samba-jazz e pelo trabalho de Dom Salvador, sugiro gastar 25 minutos de seu precioso tempo e assistir a este episódio do programa "O Som do Vinil", do Canal Brasil, em que Charles Gavin entrevista Dom Salvador, enquanto especialistas como Tárik de Souza falam da importância de Dom para a música brasileira feita a partir da década de 1960.


Um maravilhoso fim de semana a todos.

Visite meu site: andrebarcinski.com.br

Estarei em viagem por dez dias. O blog retorna em 26 de setembro. E por favor não esqueçam que dia 23 tem Killing Joke. Até lá.

Sobre o autor

André Barcinski é jornalista, roteirista e diretor de TV. É crítico de cinema e música da “Folha de S. Paulo”. Escreveu seis livros, incluindo “Barulho” (1992), vencedor do prêmio Jabuti de melhor reportagem. Roteirizou a série de TV “Zé do Caixão” (2015), do canal Space, e dirigiu o documentário “Maldito” (2001), sobre o cineasta José Mojica Marins, vencedor do Prêmio do Júri do Festival de Sundance (EUA). Atualmente dirige os programas “Eletrogordo” e “Nasi Noite Adentro”, do Canal Brasil.

Sobre o blog

Música, cinema, livros, TV, e tudo que compõe o universo da cultura pop estará no blog, atualizado às segundas, quartas e sextas.